geral@penafielmagazine.pt

Notícias em Penafiel
 

SARA TAVARES MESTRE-DE-CERIMÓNIAS NO FOLIA’18

Nos próximos dias 21 e 28 de Abril decorrerá, em Lousada, o Festival Internacional de Artes do Espectáculo – Folia’18. No ano em que comemoram 18 anos de “Folia” muitos são os motivos para ‘Folia…r’.

A peça “Correr o Fado”, encenada por José Carretas e ‘remada em palco’ pela Jangada Teatro dá inicio ao festival, no dia 21 e 22 de abril. O espetáculo em causa terá a sua ‘investidura teatral’ ratificada pelo público local e pelos muitos forasteiros que habitualmente se deslocam até ao Auditório Municipal.

Esta peça conta que segundo a tradição popular, o sétimo filho, se for rapaz, nasce “tardo” ou “trasgo”. Precisa de “correr o fado”, para quebrar a maldição. Se não atravessar três fontes, três pontes e três montes, transforma-se em lobisomem. Eduardo, o herói da nossa história, vai fazendo o seu percurso e recebendo pelo caminho um bordão, um cavaquinho e uma caixa. Graças a estes três objetos “mágicos”, Eduardo, o camponês, acabará por ser rei de um reino feito à imagem e semelhança. É mais do que garantido que esta ‘brigada da remática’, a Jangada Teatro, se apresentará em forma.

Com a versão mais recente de “Electra”, a conhecida Companhia do Chapitô, de Lisboa estará em palco no dia 23 de abril. Uma criação que celebra os vinte anos de existência desta trupe teatral sediada na capital.

No dia seguinte, dia 24 de abril, os actores que dinamizam as artes performativas no Teatro do Montemuro, estarão em Lousada para apresentarem “4 Clowns do Apocalipse”.

Teatro do Montemuro

No dia em que se comemora a “Revolução dos Cravos”, 25 deabril, haverá uma ‘evocação dos escravos’. Estará em cena as “Mulheres Móveis”, uma dramaturgia e encenação a cargo de Fernando Moreira.

A 26 de abril marcarão presença os Commedia a la Carte. César Mourão e Carlos M. Cunha prometem voltar a fazer das suas em “Os Melhores do Mundo”, é garantia de um tempo nada perdido, humor e boa disposição estarão garantidos à partida.

A 27 de abril, Joseph Collard, notável humorista visual belga sobe ao palco para interpretar “ZiC Zag”. Sara Tavares, será a mestre-de-cerimónias do rodapé do Folia’18 em versão musical.

Deve ainda realçar-se que a Jangada Teatro, que organiza e promove o ‘Folia’, tem convidado companhias e mostrados os espectáculos de produção própria quer em Portugal quer além-fronteiras para um número surpreendente de 250.000 espectadores. Uma parte significativa destes em palcos de Espanha, França, Lituânia, Grécia, Brasil, EUA, México e China.