geral@penafielmagazine.pt

Notícias em Penafiel
 

CAMINHADA PELA PREVENÇÃO DO AVC JUNTOU CERCA DE 500 PESSOAS EM PENAFIEL

O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) assinalou, ontem, o Dia Mundial do Acidente Vascular Cerebral (AVC) que hoje oficialmente se comemora.
 
Em Portugal, segundo dados da Direção-geral da Saúde (DGS), ocorrem cerca de 25 mil Acidentes Vasculares Cerebrais por ano. Estes números exigem que os Centros Hospitalares criem equipas dedicadas a esta patologia, tal como aconteceu no CHTS, em 2009, com a criação da Unidade de AVC do Serviço de Medicina Interna.
 
Quase a completar 10 anos, nesta Unidade tem sido internados cerca de 400 doentes por ano e o seu grande desafio é reduzir a morbilidade e mortalidade associada ao AVC. Para isso, conta com uma equipa multidisciplinar que garante o apoio desde a admissão no Hospital até a continuação de cuidados em ambulatório após o AVC.
 
Este ano, para relembrar a importância da prevenção do AVC, a equipa da Unidade de AVC organizou a Caminhada “Seja mais rápido que um AVC”, realizada em Penafiel, a 28 de outubro, e que contou com cerca de 500 participantes.
 
Para além da caminhada de 5 Km no Parque da Cidade de Penafiel, houve também rastreio de fatores de risco e showcooking de alimentação saudável.
 
O showcooking de alimentação saudável foi da responsabilidade do Chef Fábio Bernardino, conhecido por participar ativamente em projetos de educação alimentar em escolas, hospitais, cantinas e lares sociais. Fábio Bernadino colabora também com o projeto Nutrimento, o blog do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação da DGS.
 
Sumo de frutos vermelhos, sumo de maçã e mirtilos, wrap de húmus de grão e rúcula, salada de bacalhau enlatado com pimentos, frango estufado com castanhas e esmagada de batata doce, foi o menu apresentado. À pergunta “não tem sal nenhum?” o Chef respondeu: “nenhum, são só ervas aromáticas”.
 
A iniciativa teve o apoio da Câmara Municipal de Penafiel, Agrupamento de Escolas Joaquim Araújo, Associação para o Desenvolvimento Social e Saúde do Tâmega e Sousa, Cooperativa Agrícola de Penafiel, Supermercado Corredoura, Supermercado Pedro, Loja Nova da Sobreira, Talhos Meireles, Quinta do Urtigal, Ginásio Wolf Gym, Euronics – Magalhães e Vinhas, McDonald’s Penafiel e Nova Doce.
 
Dia Mundial do AVC: Em Portugal, 2.761 doentes foram encaminhados para Via Verde do AVC
 
Alertar a população para os sintomas do AVC e procedimentos a tomar é o objetivo principal deste dia. Precisamente por esse motivo, o INEM aconselha a utilização do Número Europeu de Emergência – 112 nos casos em que os sinais e sintomas do AVC estejam presentes.
 
Falta de força num braço, boca ao lado ou dificuldade em falar são sinais e sintomas que podem indicar a ocorrência de um AVC. Se estes sinais forem reconhecidos, ligar o Número Europeu de Emergência – 112 é a atuação mais adequada, pois a rápida intervenção médica especializada é vital para o sucesso do tratamento e posterior recuperação do doente.
 
Em 2018 o INEM registou 2.761 casos de AVC encaminhados para a Via Verde do AVC, uma média de 9 casos por dia. Os distritos de Porto e Lisboa registaram o maior número destes encaminhamentos, com 585 e 548 casos, respetivamente.
 
A estatística indica ainda que o Centro Hospitalar Lisboa Central – Hospital de São José (230) e o Centro Hospitalar Lisboa Norte – Hospital de Santa Maria (223) em Lisboa, Centro Hospitalar Universitário de S. João, EPE – Hospital de São João (218) no Porto, Hospital de Braga (215), e o Centro Hospitalar Tâmega e Sousa – Hospital Padre Américo em Penafiel (143) receberam o maior número de casos encaminhados pela Via Verde do AVC.
 
Tal como se pode verificar pela estatística anterior, o CHTS encontra-se entre os maiores hospitais do país nesta área, somente ultrapassado pelos grandes hospitais Centrais.
 
A enorme população de 520.000 pessoas desta área geográfica do Tâmega e Sousa (mais de 5% da população portuguesa em 12 Concelhos de 4 Distritos) pode sentir-se confiante pelo trabalho exemplar feito na Unidade de AVC do CHTS.