geral@penafielmagazine.pt

Notícias em Penafiel
 

«CRAQUES» DO RALICROSS DA REGIÃO A POSTOS PARA MONTALEGRE

O Campeonato Nacional de Ralicross, Kartcross e Super Buggy está de volta, para um conjunto de três rondas que prometem muita emoção e, quem sabe, três títulos nacionais para o Vale do Sousa, com João Ribeiro, Pedro Tiago e Jorge Gonzaga bem encaminhados para fazer a festa no fim.

Começando a análise pela «classe-rainha» Super 1600, João Ribeiro viaja de Baltar a Trás-os-Montes para tentar a quinta vitória do ano, e repetir o triunfo da primeira passagem do campeonato por Montalegre, em que não deu hipóteses no seu Citroen Saxo. Com 199 pontos, e a 58 de vantagem do segundo, o líder da classe e campeão em título terá como prioridade fazer uma prova sem erros, que lhe permita gerir a grande vantagem de que é detentor, até assegurar a revalidação do seu estatuto. Os paredenses André Sousa (Peugeot 207 RC S1600) e Rogério Sousa (Ford Fiesta S1600 RX), e os lousadenses Joaquim Machado (Peugeot 208), António Sousa (Peugeot 208), José Queirós (Peugeot 206) e Hélder Ribeiro (Citroen C2 S1600) também estão inscritos nesta classe.

Mais do que encaminhado para ser campeão na Nacional A 1.6, o lousadense Pedro Tiago é o grande favorito à obtenção de mais uma vitória, à semelhança do que sucedeu em todas as provas deste ano, com o seu Citroen Saxo Cup. Com 212 pontos, o campeão nacional tem uma vantagem confortável sobre o seu conterrâneo Américo Sousa, segundo com 141 pontos, e também inscrito em Montalegre, também com um Saxo, modelo em que também aparecem os também lousadenses Leonel Sampaio e Avelino Martins. Tiago Ferreira (Peugeot 106) também representará Lousada nesta classe competitiva.

Nas restantes categorias, o campeão nacional lousadense Jorge Gonzaga será o único representante da região no Kartcross. Na liderança do campeonato com 175 pontos, Gonzaga parte para a sexta ronda da competição a saber que os seus quatro mais diretos perseguidores na classificação geral vão a Trás-os-Montes tentar encurtar distâncias para o primeiro posto. Pedro Rosário, segundo com 121 pontos, é o mais direto rival no campeonato.

Na Nacional 2 RM, o penafidelense Adão Pinto (Opel Astra 2.0) fará parte de uma luta a três por um título que promete luta até ao fim. Andreia Sousa (Peugeot 306) é a líder do campeonato, com 168 pontos, mas o segundo, João Novo (Peugeot 106), que já amealhou 143 pontos, foi o vencedor das três primeiras rondas de 2019, antes de o azar lhe bater à porta nas duas provas seguintes, por razões diversas. Adão Pinto, terceiro com 133 pontos, foi o grande vencedor da primeira de duas rondas em Montalegre, e estará disposto a repetir a proeza, que o pode lançar a uma forte candidatura ao título nacional da categoria.

Créditos das fotos: FPAK