penafielmagazine@gmail.com

Notícias em Penafiel
 

FUNCIONÁRIOS FECHAM ENTRADA ESCOLA BÁSICA PENAFIEL SUL

Os funcionários, trabalhadores não docentes, impediram a abertura da Escola Básica de Penafiel Sul, em Marecos, esta manhã, entre as 8H e as 10H, em protesto pela falta de pessoal auxiliar naquele estabelecimento de ensino do Agrupamento de Escolas Joaquim de Araújo

Frequentam esta escola cerca de 600 alunos e segundo reivindicação da Associação de Pais e do Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Norte o pessoal não docente afeto a esta escola é insuficiente.

Para o Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Norte, responsável pela convocação da greve dos funcionários ao início da manhã, em declarações aos jornalistas, é necessária a contratação de mais cinco funcionários auxiliares para abrangerem um universo de quase 600 alunos.

Os funcionários daquela escola colocaram-se em protesto em frente ao portão na entrada principal como forma de protesto pela falta de pessoal, reivindicando que os atuais 17 trabalhadores são insuficientes para corresponder às necessidades daquela escola básica.

Ao início da manhã professores e alunos foram confrontados com o portão da escola fechado a cadeado, mas alguns minutos após se verificar maior concentração no exterior da escola, por volta das 8h30, foi aberto o portão para facilitar a entrada dos alunos. Contudo, só a partir das 10h30 é que estava previsto que as aulas começassem.

Ao que apuramos frequentam a escola 13 alunos com necessidades educativas especiais que necessitam de mais atenção e maiores cuidados, mas com a insuficiência de pessoal auxiliar tudo se torna mais complicado.

Para a Associação de Pais esta é uma situação preocupante e se entretanto a reposição de pelo menos mais cinco assistentes operacionais não ficar resolvida, será ponderado, em assembleia de pais, um boicote dos alunos às aulas.

Fotos: Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Norte