geral@penafielmagazine.pt

Notícias em Penafiel
 

PALESTRA NA PONTE DO ARCO

“A intervenção patrimonial na Ponte do Arco” é o mote da palestra agendada para o próximo dia 30 de novembro, sábado, pelas 10h30, na Ponte do Arco, Folhada, Marco de Canaveses.

Classificada como Imóvel de Interesse Público em 1982 e integrada na Rota do Românico desde 2010, a Ponte do Arco está a ser alvo, há cerca de um ano, de uma profunda intervenção de conservação, salvaguarda e valorização, de forma a corrigir os seus problemas estruturais, potenciando a sua vocação cultural e turística.

Na palestra do dia 30, de acesso livre, será apresentado, pelas diversas entidades envolvidas, o enquadramento da intervenção na Ponte do Arco, o estado atual dos trabalhos e as próximas ações previstas.

Esta iniciativa é organizada pela Rota do Românico e pela APRUPP – Associação Portuguesa para a Reabilitação Urbana e Proteção do Património.

“A intervenção patrimonial na Ponte do Arco” | Programa

Introdução:

– Bruno Magalhães, Vice-presidente do Município de Marco de Canaveses;

– David Ferreira, Diretor de Serviços de Bens Culturais da DRCN – Direção Regional de Cultura do Norte;

– Alice Tavares, Presidente da APRUPP;

– Maria José Cerqueira, Presidente da Junta de Freguesia de Várzea, Aliviada e Folhada.

Palestra:

– Enquadramento da intervenção | Rota do Românico | Rosário Correia Machado;

– Projeto de engenharia, estruturas e arquitetura | Equipa de projeto | Miguel Malheiro;

– Trabalhos arqueológicos | Escola Profissional de Arqueologia | Francisco Fernandes;

– Projeto de conservação, salvaguarda e valorização – Parecer técnico | DRCN | Paulo Amaral;

– Projeto de requalificação da envolvente | Município de Marco de Canaveses | Bruno Magalhães.

A intervenção de conservação e salvaguarda da Ponte do Arco representa um investimento superior a 171.000 euros, cofinanciado em 90% pelo Turismo de Portugal e em 10% pelo Município de Marco de Canaveses, no âmbito da operação “Valorização Patrimonial da Rota do Românico”, apresentada pela Associação de Municípios do Vale do Sousa (entidade gestora da Rota do Românico) ao programa Valorizar – Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior.