penafielmagazine@gmail.com

Notícias em Penafiel
 

OS MELHORES SABORES À MESA DA ESCRITARIA

Pelo segundo ano consecutivo, a Escritaria “contaminou” também as cozinhas de Penafiel. O desafio foi simples: criar uma ementa que se enquadrasse nos gostos gastronómicos do autor homenageado, que, este ano, foi Manuel Alegre.

Assim, num almoço intimista e acolhedor que decorreu no restaurante da Penafiel Activa, a cultura misturou-se com a gastronomia e os pratos – de leitão ou de perdiz – criados pelos restaurantes “A Cantina do Instituto Plural do Interior (IPI)”, “Venda da Escritaria” e “O Casanova”, localizados em Penafiel, foram postos à prova. Para sobremesa, apresentaram variadas propostas de bolo de bolacha.

A árdua tarefa de escolher o melhor sabor ficou a cargo do júri, composto pelos Vereadores da Câmara Municipal de Penafiel, Susana Oliveira e Adolfo Amílcar Moreno, pelo poeta Manuel Alegre, pelo Chef José Cordeiro e por António Catarino, jornalista da TSF e autor da rubrica “TSF à Mesa”. Apesar de difícil, a escolha era inevitável e, por isso, a “Cantina do IPI” ganhou o concurso da melhor ementa do “Escritaria à Mesa 2019” com o prato: “perdiz do Douro recheada com castanhas, espargos verdes e portobello, guarnecida com gratinado de mandioca e queijo Aveleda” – uma criação da autoria do Chef Vitor Oliveira.

previous arrow
next arrow
Slider

 

Agora, a Escritaria pode chegar também à mesa da sua casa. Basta para isso seguir a receita da ementa vencedora desta edição:

Perdiz do Douro recheada com castanhas, espargos verdes e portobello, guarnecida com gratinado de mandioca e queijo Aveleda

  • vinho verde tinto 4dl
  • alho q.b
  • 2 cebolas roxas médias
  • Tomilho, alecrim q.b.
  • 2 folhas de louro
  • pimenta grao q.b
  • tomate pelado 0,500 gr
  • 2 cabeças de cravinho
  • malagueta fresca 1 unidade
  • vinho do porto 35 cl
  • 500 ml caldo de perdiz
  • pao de mafra 1 unidade
  • vinho branco seco 4dl
  • chocolate negro 100 gr
  • mandioca 250 gr
  • queijo aveleda 200 gr
  • espargos 100 gr
  • castanhas 50 gr
  • cogumelos portobello 50 gr
  • perdiz 4 unidades

Modo de Preparação:

  • Desossar perdizes e rechear com castanhas, cogumelos e espargos verdes;
  • Marinar perdizes 24 horas com vinho verde tinto, alho, tomilho, louro, cravinho, alecrim;
  • numa panela colocar cebola em meia lua, alho, louro, tomate pelado e adicionar perdizes e vinho branco;
  • Estufar lentamente até ficarem tenras;
  • Passar as perdizes para um tabuleiro e levar ao forno com caldo de perdiz, malagueta e vinho do Porto a 180 graus, durante 20 minutos;
  • Cozer mandioca em água e sal;
  • Passar por varinha mágica e adicionar queijo Aveleda, envolvendo com vara de arames e rectificando o sal e pimenta moida na hora;
  • Por fim, basta empratar e guarnecer com castanha e espargo verde.

Bolo de Bolacha

  • 250 gr de açucar em pó
  • Bolacha Maria 0,500gr
  • Margarina 250gr
  • 3 gemas de ovo
  • 1 clara de ovo
  • 30gr Nescafé
  • Philadelfia 250 gr
  • cacau em pó 50gr

Modo de preparação:

  • Triturar metade da bolacha num robot e amassar com ajuda das mãos 100 gr de margarina;
  • Levar ao frio para ganhar textura;
  • Com a ajuda de uma batedeira, amassar e bater o açúcar e a margarina restante até ganhar cor esbranquiçada;
  • Adicionar as gemas uma a uma sempre a bater e, por fim, adicionar as claras;
  • Adicionar a bolacha moída e envolver tudo até obter uma textura de creme de bolacha;
  • Adicionar o nescafé previamente diluído em água;
  • Sobrepor este preparado à base da bolacha e manteiga que reservou no frio e levar novamente ao frio de um dia para o outro;
  • Envolver philadélfia e cacau em pó e colocar num saco de pasteleiro;
  • Empratar e servir com frutas a gosto.

Na categoria “Cocktail”, o vencedor foi também a “Cantina do IPI”, com a bebida “Atlântico”, criada por Pedro Santos. A concurso estiveram as propostas apresentadas pela “Venda de Escritaria” e pelo “Batikano”.

Se quiser replicar este cocktail, necessita de:

  • 5.0 cl Nordés
  • 1.5cl Blue Bols
  • 1.5cl Xarope de Louro e Lima
  • 2.5cl Sumo de Limão natural
  • 5 Dash solução salina
  • 1.5 Clara de Ovo
  • Top-Up Espumante Quinta da Aguieira

Modo de Preparação:

  • Gelamos a taça de cocktail previamente;
  • Colocamos todos os ingredientes no shaker, à exceção do espumante e fazem um dry shake (shake sem gelo para emulsionar a clara de ovo);
  • De seguida, fazemos shake com gelo, retiramos o gelo da taça e colocamos o top-up de espumante;
  • Por fim, vertemos a preparação do cocktail para a taça.

A Escritaria é um festival literário que homenageia, todos os anos, um escritor vivo de língua portuguesa. Durante uma semana, Penafiel transforma-se na cidade do autor homenageado. Nas ruas, nas montras, nos cantos e recantos é impossível não “tropeçar” na obra e na vida do escritor, com dezenas de iniciativas desde teatro, animação de rua, exposições, apresentação de livros, música e muito mais.