penafielmagazine@gmail.com

Notícias em Penafiel
 

DIOCESE PORTO DISPONIBILIZA ESTRUTURAS PAROQUIAIS NO COMBATE À COVID-19

A Diocese do Porto está a disponibilizar algumas das suas estruturas para acolhimento de pessoas, nomeadamente idosos, como resposta de retaguarda a eventuais necessidades mais emergentes nos tratamentos e combate desta pandemia provocada pelo Covid-19.

“A pedido da Segurança Social, neste momento, está a ser feito o levantamento de estruturas paroquiais (centros pastorais, residências não habitadas, salões, etc.) que possam, eventualmente, vir a ser usadas por utentes não contaminados que tenham de ser retirados de lares da terceira idade. Procura-se que, quanto possível, essas pessoas permaneçam no seu ambiente local”, revela o Bispo do Porto, D. Manuel Linda, numa nota publicada no site da diocese.

Na mesma nota o Bispo do Porto especifica que “há quase duas semanas”, contactou a Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos para lhe disponibilizar o Pavilhão nº 4 (Casa da Juventude) do Seminário do Bom Pastor, em Ermesinde, que, entretanto, a pedido do presidente da Câmara de Valongo, “essas instalações estão adscritas a pessoas desse concelho que, eventualmente, venham a precisar de isolamento. São setenta e cinco camas, bem como diversos espaços de apoio”. Foi ainda disponibilizada a “Casa de São Paulo”, em Cortegaça, para acolher pessoas em situação de isolamento, nomeadamente do concelho de Ovar, ou “se as circunstâncias o exigirem, também será usada ou para isolar pessoas ou como estrutura para-hospitalar. Dispõe de cinquenta e três camas e de variadíssimas estruturas de apoio”.

Em conjunto com a Irmandade dos Clérigos, adianta D. Manuel Linda, “está-se a contactar com as administrações de vários hospitais para se ver que é que faz mais falta e possa ser adquirido por nós”.

“A pedido da Segurança Social, neste momento, está a ser feito o levantamento de estruturas paroquiais  que possam, eventualmente, vir a ser usadas por utentes não contaminados que tenham de ser retirados de lares da terceira idade.”

“Para esta campanha, que se espera poder ser anunciada brevemente, conta-se com o contributo de toda a Diocese”, acrescenta, dando conta que foram contactados o Centro Hospitalar Tâmega e Sousa, os hospitais de São João e Santo António, no Porto, Pedro Hispano (Matosinhos), Santos Silva (Gaia) e São Sebastião (Santa Maria da Feira).

“Desde o seu início, a Diocese do Porto levou muito a sério esta pandemia. Por isso, estabeleceu normas restritas e cancelou celebrações muito antes de as autoridades sanitárias terem dado orientações nesse sentido. Agora, está focada no socorro aos infetados, na prevenção e na ajuda aos profissionais que se encontram no terreno”, atesta D. Manuel Linda.

“Evidentemente, o específico de uma instituição como a Diocese são as relações humanas e a oração. E os agentes pastorais estão a cumpri-los exemplarmente, quer a nível dos contactos personalizados (telefone) e do usa das plataformas da comunicação, quer animando e convocando para a oração pelas redes sociais”, conclui, realçando três atitudes essenciais neste momento: união, solidariedade e oração.