penafielmagazine@gmail.com

Notícias em Penafiel
 

NOVO FILME PROMOCIONAL ROTA DO ROMÂNICO

A Rota do Românico assinalou, este sábado, 18 de abril, o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios com o lançamento de um novo vídeo promocional do valioso património do estilo românico que existe na região do Tâmega e Sousa.

Com a duração de dois minutos e meio, o novo filme viaja por alguns dos principais monumentos da Rota do Românico, distribuídos pelos 12 municípios que constituem atualmente o seu território de influência, nos vales do Sousa, Douro e Tâmega, no Norte de Portugal.

A estreia aconteceu este sábado nas plataformas digitais da Rota do Românico.

Este é o segundo de um conjunto de 14 filmes promocionais que a Rota do Românico vai lançar nos próximos meses. O primeiro, recorde-se, foi apresentado no dia 24 de fevereiro, no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no âmbito de uma campanha internacional de promoção do destino.

Em terras dos vales do Sousa, Douro e Tâmega, no coração do Norte de Portugal, ergue-se um importante património arquitetónico de origem românica.

Esse património encontra-se estruturado na Rota do Românico, germinada, em 1998, no seio dos concelhos que integram a VALSOUSA – Associação de Municípios do Vale do Sousa – Castelo de Paiva, Felgueiras, Lousada, Paços de Ferreira, Paredes e Penafiel, e alargada, em 2010, aos restantes municípios da NUT III – Tâmega e Sousa (Amarante, Baião, Celorico de Basto, Cinfães, Marco de Canaveses e Resende), unindo num projeto supramunicipal um legado histórico e cultural comum.

Ancorada num conjunto de 58 monumentos de grande valor e de excecionais particularidades, esta Rota pretende assumir um papel de excelência no âmbito do turismo cultural e paisagístico, capaz de posicionar a região como um destino de referência do românico, estilo arquitetónico que perdurou entre os séculos XI e XIV.

A Rota do Românico tem vindo a afirmar-se, nos últimos anos, como um projeto de referência nacional, sendo (re)conhecido como um paradigma, em prol do desenvolvimento regional, em diversos campos de intervenção: da conservação do património à promoção turística, da investigação científica à disseminação de conhecimento, da dinamização cultural à educação patrimonial.

Share Post