penafielmagazine@gmail.com

Notícias em Penafiel
 

SC RIO DE MOINHOS CELEBRA ANIVERSÁRIO COM PRÓXIMA ÉPOCA NO PENSAMENTO

Fundado a 24 de julho de 1974, o Sport Club Rio de Moinhos é uma das coletividades desportivas mais credenciadas do concelho de Penafiel.

Dinâmica e bastante consolidada, a agremiação riodemoinhense tem feito um percurso competitivo com bonitas histórias de sucesso no futebol distrital e que, na sua história recente, levaram a equipa a subir a pulso até à Divisão de Honra da AF Porto, em que se tem mantido sem grandes problemas.

A solidez do clube é salvaguardada de duas maneiras. Por um lado, no excelente trabalho de melhoria das condições de trabalho dos plantéis e formação. Quem vai à vila e vê por dentro o Campo da Bela Vista, contempla o trabalho magnífico de uma direção presidida por um homem, de nome António Silva, incansável no trabalho que fez no sentido de criar condições dignas de receção tanto às equipas como aos adeptos, hoje confortavelmente instalados nas bancadas cobertas do recinto.

A outra dimensão da estabilidade deste projeto desportivo reside na capacidade de manter o «núcleo-duro» da equipa, com vários jogadores com anos de experiência com a camisola «alvi-negra». O que acontece logo na baliza, com dois valorosos jovens. Aos 22 anos, José Santos, mais conhecido por Russo, parte para mais uma temporada em que pretende estar ao nível das mais recentes, ele que foi formado no clube, e rapidamente se adaptou à equipa principal, com categoria. Terá a companhia de Show, que fará a sua terceira época no clube.

Na defesa, vamos encontrar dois «senhores» da história do clube, ambos formados, curiosamente, no Penafiel. Aos 31 anos, Nélson Oliveira partirá para a sua 11ª época ao serviço do Rio de Moinhos, clube pelo qual só não jogou, enquanto sénior, em duas temporadas desportivas. A par do central e médio-defensivo temos Novais que, aos 29 anos, continua como grande referência, ele que também passou pelas escolas do FC Porto, e foi um dos centrais mais promissores da sua geração. Todos os restantes colegas do setor defensivo têm um potencial enorme, com Nuno e Mata a transportarem uma maturidade competitiva adicional, ainda que ambos sejam muito jovens, e os «teenagers» Hélder Pereira, Henrique Cruz e Cláudio a darem início ao seu percurso na equipa.

No meio-campo, o treinador Salvador Rocha tem muitos jogadores fiáveis e competentes à sua disposição, com Rui Meneses, Jaime Borges, Ricardo Neves, Snep, Cristiano Ferreira e o jovem Rafa a transitarem, em alguns casos, de várias épocas consecutivas. Neste setor aparece um reforço, Xivina, que na prática regressa a uma «casa» que o formou quando ainda era júnior. Depois de passagens por Alpendorada e Nun’Álvares, Xivina vai tentar ser mais um elemento de qualidade num setor muito forte.

No ataque, podemos contar com a veia goleadora de Tiago Rocha, que continuará com a companhia de Hélder Silva e Pereira, e uma cara nova, do ala Leandro Marcelo, recrutado ao São Vicente do Pinheiro.

No banco, estará um nome que dispensa apresentações. Salvador Rocha é um dos mais acarinhados e conceituados treinadores penafidelenses, e a sua vasta experiência no futebol nacional e distrital será uma grande mais-valia na época que começará daqui a uns tempos, e que se espera que possa ser mais uma página bonita na história deste grande clube de Penafiel.

Share Post