penafielmagazine@gmail.com

Notícias em Penafiel
 

CENTRO INTERPRETAÇÃO DO ROMÂNICO VAI SER AMPLIADO

O local escolhido para a ampliação do Centro de Interpretação do Românico (CIR), corresponde ao miolo de um quarteirão a norte do actual edifício do CIR, numa nova centralidade da vila de Lousada (a “Praça do Românico”), permitindo a comunicação e a interligação física com o edifício existente.

O projeto prevê a criação de um espaço-contentor, no miolo do quarteirão, camuflado por um manto verde e sobre o qual serpentearão escadas e rampas, num percurso lúdico entre as duas cotas do lote. A cota alta apresentará diversos espaços de estar e de lazer, enquanto a mais baixa, na única face visível da massa construída, disporá de uma pequena praça, para a qual o edifício do Centro de Interpretação se abrirá.

O espaço interior incluirá várias áreas de armazenagem e de apoio, dispostas em torno da nave central, com destaque para o espaço que permitirá a realização de eventos culturais e para o espaço de arquivo/exposição de bens patrimoniais da Rota do Românico, passível de visita guiada.

O concurso possui um prazo de execução de 540 dias e um valor base (sem IVA) de 3,2 milhões de euros, cofinanciado por fundos europeus (Norte 2020) e pelo Município de Lousada, 50% cada, aproximadamente.

O aviso para o concurso público de ampliação do Centro de Interpretação do Românico e de regeneração urbana da sua envolvente, em Lousada, foi publicado em Diário da República, no início da semana. As propostas deverão ser apresentadas nos próximos 30 dias.

Esta empreitada, promovida pela Associação de Municípios do Vale de Sousa (entidade gestora da Rota do Românico) e pelo Município de Lousada, visa a construção de um novo espaço exterior e interior, destinado a acolher o acervo patrimonial e atividades culturais da Rota do Românico.

O Centro de Interpretação do Românico, aberto ao público no dia 27 de setembro de 2018, é um equipamento turístico-cultural que se afirma como o cenário ideal para iniciar a viagem de descoberta da Rota do Românico e do seu território de influência.

A Rota do Românico reúne, atualmente, 58 monumentos, distribuídos por 12 municípios dos vales do Sousa, Douro e Tâmega (Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende), no Norte de Portugal.