penafielmagazine@gmail.com

Notícias em Penafiel
 

ESCOLA PROFISSIONAL PROFENSINO RECEBEU SELO CONFORMIDADE

A Escola Profissional e Tecnológica Profensino, na sequência dos resultados da avaliação do processo de alinhamento do Sistema de Garantia da Qualidade na Educação e na Formação Profissional (EQAVET), foi certificada por três anos com o Selo de Conformidade EQAVET pela Agência Nacional para a Qualificação e Ensino Profissional (ANQEP), reconhecendo a qualidade do seu ensino e formação profissional.

“A atribuição deste selo vem reforçar o compromisso em continuar a trabalhar para garantir uma formação de qualidade aos nossos alunos”

“A Escola Profissional e Tecnológica Profensino orgulha-se deste reconhecimento que veio confirmar a qualidade dos cursos profissionais que leciona, o trabalho pedagógico desenvolvido com os alunos, a melhoria dos procedimentos internos de gestão e de acompanhamento, assim como da divulgação dos resultados e da avaliação, destacando ainda a relação de proximidade que mantém como os stakeholders externos”, referem numa nota enviada para a redação do Penafiel Magazine.

O processo de certificação teve início em julho de 2019 e o resultado agora alcançado, deve-se, realçam, “ao trabalho e empenho do Grupo Dinamizador da Qualidade e da direção, e ao envolvimento de toda a comunidade educativa, professores, alunos, pessoal não docente, encarregados de educação, empresas e instituições parceiras”.

“A atribuição deste selo vem reforçar o compromisso da Escola Profissional e Tecnológica Profensino em continuar a trabalhar para garantir uma formação de qualidade aos nossos alunos, encarregados de educação e restantes parceiros, bem como contribuirá para a consolidação do seu processo de internacionalização”, enaltecem.

O Quadro de Referência Europeu de Garantia da Qualidade para o Ensino e a Formação Profissionais (Quadro EQAVET) foi instituído pela Recomendação do Parlamento Europeu e do Conselho de 18 de junho de 2009, e foi concebido para melhorar a Educação e Formação Profissional (EFP) no espaço europeu, colocando à disposição das autoridades e dos operadores de EFP ferramentas comuns para a gestão da qualidade, assentes numa forte articulação entre os diferentes stakeholders (decisores/as políticos, organismos reguladores, operadores de EFP, alunos, profissionais de EFP e de orientação, encarregados de educação, empresários e outros parceiros sociais) e no desenvolvimento, monitorização, avaliação e melhoria contínua da eficiência da oferta.

Post Tags
Share Post