penafielmagazine@gmail.com

Notícias em Penafiel
 

RIO DE MOINHOS PROMETE “JOGAR NO LIMITE” PARA FAZER BOA ÉPOCA

Depois de um empate a duas bolas com o Nun’Álvares, e com a deslocação ao terreno do Valonguense no horizonte, o Rio de Moinhos está pronto para dar tudo o que tem, em prol da manutenção na Divisão de Honra da AF Porto.

Salvador Rocha volta a ser o «homem do leme» na presente temporada, e já deu o mote para a identidade combativa que pretende para a equipa.

“As primeiras jornadas de um campeonato como este são sempre uma incógnita. Só tenho uma certeza de momento, que é a de que vamos trabalhar sempre no limite das nossas faculdades para vencer os nossos jogos. Se no fim isso não acontecer e não existirem fatores externos à verdade desportiva, que tenhamos a consciência de reconhecer que o adversário foi melhor seja na vertente da finalização, seja na vertente organizacional e qualidade apresentada”, reiterou.

Já consolidada no presente escalão, a formação riodemoinhense parte com uma equipa fortemente entrosada, que apenas registou quatro entradas e outras tantas saídas.

O que podemos garantir é que honraremos o clube em todos os campos, sempre com um grande sentido de compromisso.

Algo que tem os seus pontos positivos e negativos, como explica o técnico penafidelense.

“Isto de continuar com quase a totalidade do plantel tem os seus fatores positivos, pois já existe um  maior conhecimento entre todos. Na parte negativa, se lhe pudermos chamar assim, temos que os adversários já têm uma ideia bem definida da nossa equipa e será mais fácil poderem anular as nossas ideias, implementadas já desde a época passada. Outro fator que não abona a nosso favor é que não pudemos fazer uma escolha seletiva de outros valores que nos poderiam trazer mais-valias ao plantel. Há que ter ainda em conta que saíram quatro jogadores que na época passada tiveram muitos minutos  no nosso jogo. Conseguimos equilibrar com algumas entradas, é certo, mas esses têm que se adaptar a tudo o que já vem a ser feito, pelo que demorará mais um pouco assimilar as ideias da equipa”, referiu.

Só tenho uma certeza de momento, que é a de que vamos trabalhar sempre no limite das nossas faculdades para vencer os nossos jogos, realça o técnico Salvador Rocha.

Com o foco exclusivamente orientado para a manutenção, Salvador Rocha prometeu um Rio de Moinhos que irá dignificar uma das mais históricas coletividades desportivas do nosso concelho.

“O SC Rio de Moinhos tem os pés bem assentes na realidade do que é o futebol e do que precisaria para outros objetivos. Não obstante ter excelentes condições para os seus praticantes e para quem nos visita, existem outros aspetos a ter em conta para se chegar mais além, e o presidente sabe mais que ninguém a realidade do clube e do futebol do concelho no geral para saber até onde é possível chegar. O que podemos garantir é que honraremos o clube em todos os campos, sempre com um grande sentido de compromisso. Unidos e lutadores acabaremos por nos tornar sempre vencedores. Contem connosco!”, rematou um dos mais experientes treinadores do concelho de Penafiel.

Para esta época, o plantel do Rio de Moinhos será formado pelos guarda-redes Show, Russo e Lisandro, os defesas Novais, Hélder Pereira, Nuno, Nélson Oliveira, Leandro Marcelo, Henrique Cruz, Cláudio, Mata e Hélder Mendes, os médios Cristiano Ferreira, Paulo Ferreira, Snep, Jaime Borges, Ricardo Neves, Rui Meneses e Xivina, e os avançados Tiago Rocha, Hélder Silva e Pereira.

 

TEXTO: Gonçalo Novais