penafielmagazine@gmail.com

Notícias em Penafiel
 

JUNTA TERMAS S. VICENTE QUER FAZER PARQUE PEDONAL JUNTO RIBEIRA DE CAMBA

A Junta de Freguesia das Termas de S. Vicente pretende desenvolver uma via pedonal, infraestruturada com iluminação, nas margens da Ribeira de Camba, adiantou, ao PENAFIEL MAGAZINE, o presidente da Junta.

“Numa primeira fase, será um trajeto de um quilómetro, iluminado e com pontes, para que as pessoas possam realizar caminhadas, evitando as estradas. Depois, pouco a pouco, o percurso irá ser alargado”, especificou o presidente da Junta, José Barbosa Soares.

Aquele autarca salientou a iniciativa de dois jovens da freguesia que estão empenhados num projeto de cariz ambiental, que pretende valorizar a Ribeira de Camba e o património natural do território. Esta iniciativa, anota, está a ser desenvolvida em parceria com a Junta de Freguesia local.

Para o presidente da Junta das Termas de São Vicente o projeto, denominado Biocamba, é uma iniciativa de grande valor na proteção ambiental e valorização da ribeira de Camba, que, lamenta, tem vindo a sofrer de problemas de poluição constantes.

“Na última limpeza, acabamos por retirar dezenas e dezenas de sacos de lixo, muito dele que é atirado das pontes. É um ambiente péssimo que temos nesta ribeira”, realça.

O autarca explicou que, no âmbito da parceria neste projeto, a autarquia vai começar a reconstruir muros de suporte ao longo do trajeto do curso de água.

Num futuro próximo, adianta, é intenção da junta em instalar uma via pedonal iluminada, nas margens da ribeira.

Relativamente a este parque pedonal nas margens da ribeira, José Soares ressalvou que é um projeto “a longo prazo”, considerando que primeiro é necessário suprir outras prioridades, nomeadamente ligações da rede viária e acessos a várias escolas.

Adiantou ainda, em jeito de conclusão, que as obras do Campo de Futebol e Parque Urbano da freguesia, uma obra da Câmara de Penafiel iniciada em setembro, está a avançar a “bom ritmo”, prevendo que o equipamento desportivo esteja pronto em meados da primavera do próximo ano.

 

TEXTO: Paulo Alexandre Teixeira