Slider

ADMITIDOS 88 NOVOS MÉDICOS INTERNOS EM FORMAÇÃO NO CHTS

O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) recebeu, no início desta semana, 88 novos médicos internos, numa sessão de acolhimento que decorreu no auditório do Hospital Padre Américo.

Do total de 88 médicos internos que iniciaram este ano a sua formação no CHTS, 65 são internos de Formação Geral e 23 são internos de Formação Específica, distribuídos pelas especialidades de Ortopedia, Medicina Interna, Cirurgia Geral, Otorrinolaringologia, Medicina Intensiva, Psiquiatria, Patologia Clínica, Pediatria, Anestesiologia, Psiquiatria da Infância e Adolescência, Medicina Física e Reabilitação, Cardiologia e Ginecologia e Obstetrícia.

A sessão de boas-vindas contou com a presença dos membros do Conselho de Administração do CHTS, Direção do Internato Médico e diretores dos Departamentos e Serviços.

Nuno Teixeira, diretor do Internato Médico, deu as boas-vindas aos novos médicos internos, deixando “votos de um internato muito produtivo” e salientando que “apesar das condicionantes da realidade pandémica, este é um centro hospitalar com grandes caraterísticas de formação, já o fazemos há muito tempo. Foram feitas adaptações, vão encontrar um hospital motivado para a formação médica e um grupo de trabalho disponível para vos proporcionar o melhor internato”.

Para o presidente do Conselho de Administração, Carlos Alberto, “é um dia de festa, a vossa chegada significa rejuvenescimento e renovação: vocês são o futuro do país!”.

Carlos Alberto apelou também à capacidade e disponibilidade dos novos médicos internos para “ir ao encontro das necessidades da população que é uma população imensa. O CHTS integra o Hospital de Penafiel e o Hospital de Amarante, sendo um dos maiores centros hospitalares do país, servindo uma população que corresponde a 5% da população portuguesa”.

Nesta sessão, Filipa Carneiro, diretora clínica, assumiu um “compromisso pessoal com a direção do Internato” e a formação dos novos médicos. Evocando o Juramento de Hipócrates, destacou a “missão, além da vossa formação e aprendizagem, é um vínculo entre médicos e sociedade”.