Slider

AEP LANÇA INICIATIVA “RETOMA SEGURA DAS ATIVIDADES”

A Associação Empresarial de Penafiel (AEP), lançou, esta semana, através do seu website (www.aepenafiel.pt), a iniciativa “Retoma Segura das Atividades” com o objetivo de ajudar a comunidade penafidelense a reerguer os seus negócios, durante o período de coabitação com o Covid-19.

Esta iniciativa, pretende divulgar os serviços, equipamentos e produtos de entidades associadas com as valências especializadas e que permitem proporcionar todas as condições e capacitar as empresas para retomar a sua atividade profissional, preservando assim a saúde e segurança dos seus colaboradores e clientes, dando assim resposta aos empresários sobre três aspetos importantes que têm de ser tidos em conta:

Como aceder a testes COVID de deteção ou imunidade (de duas tipologias);

Como aceder facilmente a um plano de contingência, higiene e segurança para reabrirem a sua empresa de forma segura para os seus trabalhadores e clientes;

Onde adquirir todos os equipamentos, sinalética e serviços nos campos da proteção individual, limpeza e higienização dos seus espaços e viaturas.

Consultando a informação no website aepenafiel.pt, qualquer empresário tem logo acesso à solução integral,

Segundo o presidente da AEP, Nuno Brochado, “esta é mais uma iniciativa que permite cumprir a nossa missão de apoio ao tecido empresarial, juntando a vontade de quem quer retomar os seus negócios em total segurança, à vontade e interesse dos nossos associados que podem ajudar a que isso aconteça. Consultando a informação no nosso website, qualquer empresário tem logo acesso à solução integral, ao invés de ter de procurar as soluções de forma individual e desagregada”.

A Associação Empresarial de Penafiel apelou também à comunidade que recorresse às empresas que constam no site por serem da sua total confiança, e no caso de algum associado ter uma empresa que possua as valências especializadas numa das três vertentes acima referidas, o mesmo poderá contactar a AEP no sentido de fazer parte também do rol de empresas que vão vender os seus produtos e serviços a quem pretenda retomar a atividade.

“A todos desejamos uma rápida retoma económica, que seja sustentada na confiança e segurança de colaboradores e clientes”, finalizou o presidente da AEP.