Slider

ALEXANDRE ALMEIDA ASSINALA UM ANO DE MANDATO EM PAREDES

[eltdf_dropcaps type=”normal” color=”” background_color=””]O[/eltdf_dropcaps] Presidente do Município de Paredes, Alexandre Almeida, assinala um ano de mandato “marcado por enormes constrangimentos financeiros e muitos problemas de resolução urgente, herdadas do anterior executivo há um ano. Como tal, tivemos a exigente necessidade de organizar a Câmara Municipal sobretudo ao nível financeiro, para a preparar para os próximos anos”.

“Não obstante a grave situação financeira da Câmara e o seu megalómano passivo, que iremos reduzir ao longo do mandato, acreditamos que devemos encarar o futuro com otimismo, resolver dossiers parados nas gavetas da autarquia há anos, lançar obra e captar mais investimentos para Paredes”, afirmou o autarca.

Desta forma, o autarca apontou medidas e projetos para 2019. “Baixar a taxa de IMI será uma realidade já em 2019, o que permitirá às famílias paredenses alívio nas suas contas”.

No campo das obras a lançar no próximo ano, avançou com a “construção da piscina ao ar livre, no Parque da Cidade e a criação da casa da Juventude, de modo a satisfazer um anseio antigo da juventude de Paredes, a aquisição e remodelação do pavilhão das laranjeiras e as obras nas EB 2/3 de Lordelo e Rebordosa, como algumas das grandes obras para 2019”.

1. Balanço de 1 ano de mandato:

• Contas da Câmara Municipal

– Em abril de 2018, foi aprovado o documento de prestação de contas do Município de 2017 e as contas da CM Paredes de 2017 comprovaram o esperado.
– O passivo da Câmara Municipal de Paredes passou de 102 milhões de euros para 103 milhões de euros.
– Este passivo só não aumentou mais, porque a grande maioria dos trabalhos feitos em 2017 estão a ser faturados em 2018, pelo que é expectável que o passivo em 2018 ainda aumente face a 2017.
– De referir o enorme aumento do endividamento de curto prazo de 15,7 milhões euros para 23,1 milhões de euros, que nos obriga a enorme esforço de contenção por forma a controlar o prazo médio de pagamentos que vai diminuir ao longo do mandato.
– Paredes é o Municipio com o 13º. maior passivo exigível e está em 8º. lugar como Municipio onde o aumento do passivo exigível mais cresceu em 2017. O elevado passivo, leva a que Paredes seja o 25º. Municipio com maior volume de pagamento de juros e encargos financeiros
– Para inverter esta situação, o Município renegociou os seus empréstimos de longo prazo em 2018, tendo substituído o empréstimo do Estado – PAEL (Programa de Apoio à Economia Local) por um empréstimo à banca em condições mais vantajosas, o que vai diminuir no futuro os encargos com prestações e os encargos com juros. Este pagamento antecipado do PAEL permite também à Câmara Municipal de Paredes começar a reduzir o IMI que estava impedida de fazer por via dos compromissos assumidos com o Estado para a contratação desse empréstimo de saneamento financeiro.

• Fundos Comunitários

– O acesso aos Fundos Comunitários foi desbloqueado em 2018 através da Providência Cautelar que o Município intentou e que teve deferimento favorável à autarquia de Paredes.
Com esta ação, o Município vai poder começar a realizar obras e outros projetos com apoio de fundos comunitários.

• Obras realizadas no primeiro ano de Mandato

– Apesar da “má herança”, a Câmara Municipal de Paredes levou a cabo várias empreitadas. Está para breve a inauguração das obras de ampliação e de colocação de um piso sintético no campo do F.C. Parada.
Vai também ser inaugurado ainda este ano o novo campo de jogos com piso sintético e iluminação do Imperial Clube Sobreirense.
Decorrem a bom ritmo as obras no novo Campo do F. C. Baltar. Um campo construído de raiz num novo local, e que necessitou de todas as infraestruturas, passando por balneários, bilheteiras, piso sintético, iluminação, etc.
Vai ser colocada iluminação no campo do Vandoma e melhorada a do Campo de Cete
– Foram realizadas obras de requalificação nas Piscinas Municipais de Lordelo, Paredes e Rota dos Móveis.
– Fez-se obras junto ao Centro de Saúde de Cristelo.
– Estão a ser realizadas obras nos Balneários do Complexo Desportivo de Mouriz
-Fizeram-se pavimentações em inúmeras freguesias, com destaque para Duas Igrejas, Lordelo, Paredes e Vilela e vão continuar a fazer-se até ao final do ano.

• Contas em dia com as Instituições, clubes e associações culturais, desportivas e recreativas

– Pagamento “a tempo e horas” às 5 cooperações dos Bombeiros e às 2 delegações da Cruz Vermelha. O Município vai aumentar em 20% a verba a atribuir em 2019.
– Atribuição de 100 mil euros de subsídios aos clubes e associações desportivas no âmbito do contrato-programa de desenvolvimento desportivo para apoiar a formação das camadas jovens.
– Pagamento do subsídio de 40 mil euros às Bandas de Música e Conservatório de Musica, descentralizar cultura e realizar concertos pelas freguesias

• Captação de Investimento e Parques Empresariais e Zonas Industriais

– Captação de investimento na ordem dos 12,210 milhões de euros, resultantes de sete contratos de investimento a instalar nas zonas industriais de Baltar, Rebordosa e Lordelo e que se prevê a criação de 127 novos postos de trabalho no Concelho de Paredes. Refira-se que os novos investimentos contemplam a diversificação das indústrias, tratando-se uma empresa de serviços para o desporto automóvel, fábricas de estofos, indústria de serralharia e unidades fabris de mobiliário.

• Centros Escolares

– Levantamento foi feito com rigor. Levou tempo a apurar nomeadamente os materiais que estavam previstos no caderno de encargos das obras e o que efetivamente foi aplicado na obra.
– O não cumprimento do que estava previsto no Caderno de Encargos, para além de fazer a Câmara pagar por materiais que não recebeu, fez incumprir com o que foi candidatado a fundos comunitários pelo que a Câmara de Paredes ao encerrar as candidaturas vai ter de devolver fundos comunitários recebidos.
– Relatório das desconformidades seguiu para o Ministério Público.
– Estão identificadas as obras urgentes a realizar em 2019 nos Centros Escolares, sobretudo ao nível de ar condicionado e cobertos exteriores.

• Realização de Obras com meios da Câmara Municipal

– A Câmara já fez em 2018 inúmeras obras com os meios da Câmara Municipal, quer nas piscinas, quer nas escolas. Para isso comprou vários equipamentos ao longo de 2018, com destaque para a máquina para pavimentações.
– Em 2019 irá contratar mais pessoas para alargar o número de trabalhos a realizar por administração direta.

• Dar Vida a Paredes

– Os eventos contribuem para dar vida a Paredes que estava praticamente uma cidade morta, sem vida, pouco dinamizada. Pretende-se com as diversas iniciativas culturais e desportivas contribuir para revitalizar o comércio local.
– 2018 destaca-se, por exemplo, pelo Torneio Internacional – Andebol Cup com 3500 atletas e jogos a realizaram-se em 16 pavilhões, basicamente por todas as freguesias.
– Casa da Cultura aberta a vários eventos e aberta a todos os públicos.
– Parque José Guilherme dinamizado com diversos eventos desportivos e culturais, nomeadamente aos domingos.
– Especial Sprint Paredes N – Engenharia que foi um sucesso e trouxe bastante público à cidade de Paredes.
– Dar vida a Paredes é também colocar Paredes no mapa dos eventos nacionais.

• Mais vida ativa e saúde para a comunidade sénior

– Mais de 500 idosos já aderiram ao projeto de prática de exercício físico adequado à condição sénior. O objetivo é combater o isolamento e dar-lhes mais qualidade de vida física e mental.

2. Medidas e Projetos âncora para 2019

• Baixar o IMI

– Baixar IMI já em 2019. Os Paredenses sempre suportaram o IMI mais caro da região. Em 2019 vamos iniciar a redução da taxa de IMI em Paredes. A atual taxa de 0,40% vai passar para 0,375%. A mais baixa taxa de IMI em Paredes de sempre.

• Complexo das Laranjeiras

– O Complexo das Laranjeiras foi este ano declarado equipamento de interesse Municipal e classificado no PDM como Zona de Equipamento Desportivo. A autarquia está agora em condições de avançar para a sua posse em definitivo, seja sob a forma de compra, seja pela via da expropriação.
– O Pavilhão Municipal de Paredes será transformado em Pavilhão Multiusos com recurso a fundos comunitários.

• Tribunal de Paredes

– Serão realizadas obras de remodelação e ampliação do Tribunal de Paredes por forma a acolher a Instância Central Cível e aumentar as unidades do Juízo de Família e Menores e no futuro outras.

• Obras a lançar e executar

– Obras nas EB 2/3 de Lordelo e Rebordosa
– Obras nos Centros Escolares, nomeadamente instalação de sistemas de ar condicionado e cobertos exteriores.
– Construção da Piscina ao livre em Paredes, projetada para o Parque da Cidade. A infraestrutura contemplará um bar de apoio.
– Criação da Casa da Juventude de Paredes.
– Balneários nas bancadas do campo principal do complexo desportivo de Mouriz.
– Ligação da Zona Industrial de Rebordosa à A41.
– Construção da Rotunda junto à Estação de Paredes, que vai permitir colocar o transito na Av. República nos dois sentidos
– Construção de Rotunda na Av. Bombeiros Voluntários de Rebordosa em frente a Junta de Freguesia de Rebordosa
– Construção de Rotunda junto à Junta de Freguesia de Lordelo
– Vamos iniciar as obras de requalificação do Mosteiro de Vilela para torna-lo um importante equipamento de apoio à Cultura e museu do mobiliário em Paredes.
– Iremos construir o parque de Lazer de Cete no terreno já adquirido junto ao Centro Escolar de Cete.
– Pavimentações de vias por administração direta, com recurso a equipamentos e mão de obra da autarquia. A máquina espalhadora de tapete betuminoso vai permitir realizar trabalhos de reparação e pavimentação em todas as freguesias.
– Realização de passeios em todas as freguesias para melhorar as condições de mobilidade e de circulação de peões em segurança.
– Em 2019, os jovens das escolas do concelho serão chamados a escolher uma obra a realizar no concelho

• Lançamento da tarifa social da Água, Saneamento e Resíduos Sólidos no Concelho de Paredes

– Decorrem negociações com a Be Water que devem estar concluídas no final deste ano.
– Os Subsistemas de abastecimento da água no sul do Concelho sairão da concessão.
– Avançaremos com o Saneamento nesta zona do concelho.
– Serão revogados os aumentos da água que estavam previstos no aditamento celebrado em 2008.
– Em 2019 será introduzida a tarifa social de Água, Saneamento e Resíduos Sólidos permitindo aliviar a despesa às famílias com mais carência económica.
– Os ramais de água e saneamento terão custo zero para os Paredenses.

• Parque Empresarial de Parada / Baltar e alargamento das áreas de acolhimento industrial

– Decorrem negociações com a AE Portugal para o Município deter a totalidade da empresa que gere o Parque.
– Com a realização dessa pretensão, a Câmara pretende começar a expansão desse parque para corresponder à procura de terrenos industriais que tem tido.

• Marca Paredes

– O concelho de Paredes é reconhecido pela grande bandeira da Indústria do Mobiliário. É o maior produtor nacional de mobiliário, de onde saem móveis do melhor que se faz a nível mundial.
– Para ampliar a marca identitária de Paredes e para atrair públicos a Paredes a aposta passa por criar e dinamizar ou acolher grandes eventos desportivos (Shakedown do Rali de Portugal, Especial Sprint Paredes, Andebol Cup, Campeonato Trial 4×4, Campeonato Europeu de Hóquei em Patins, entre outros).

• Atrair Turismo para o Concelho
– Dinamizar rotas pedestres, nomeadamente “Rota dos Brasileiros de torna-viagem”.
– Dinamizar o Turismo cultural, patrimonial e paisagístico, com particular foco nas belezas naturais das freguesias do sul do Concelho (Senhora do Salto – Aguiar de Sousa; Casconha, Castromil, Minas – Sobreira).
– Vamos construir um Parque de Campismo em Aguiar de Sousa para aproveitamento de todo o potencial do projeto das Serras do Porto.