Slider

Associação Empresarial de Penafiel promove mercado mensal de produtos locais

A Associação Empresarial de Penafiel (AEP) inicia, no sábado, a promoção de um mercado de produtos locais, que passará a realizar-se todos os meses, no parque de estacionamento das suas instalações.

 

A iniciativa contará com 10 bancas de produtores agrícolas do concelho.

“Mercantinho- Fresco & Nosso” é o nome da iniciativa, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Penafiel e Cooperativa Agrícola de Penafiel.

O objetivo, explica a AEP em comunicado, é “apoiar diretamente os produtores agrícolas do concelho de Penafiel que viram no último ano o negócio diminuir”.

“Tem, ainda, como objetivo incentivar a comunidade a comprar em espaços abertos, seja para produtos frescos como comércio de rua e sensibilizar para as questões ambientais, nomeadamente, no uso de materiais recicláveis como os sacos para transportar os produtos que serão oferecidos pela organização”, refere a organização.

Nuno Brochado, presidente da direção da Associação Empresarial de Penafiel, citado em comunicado, refere que “o evento mensal é importante para a dinamização do comércio local e essencialmente um apoio direto aos produtores locais que nem sempre têm um local condigno para fazerem as suas vendas”

“Queremos que este nosso evento entre nas rotinas dos penafidelenses e estes possam comprar os melhores produtos diretamente de quem os tem. Produtos esses de confiança e que promovem hábitos de alimentação saudável”, justifica.

Para o presidente da Câmara Municipal de Penafiel, Antonino de Sousa, também citado em comunicado, “todas as iniciativas de apoio aos produtores agrícolas do concelho, que contribuam para ajudar no escoamento dos seus produtos, são iniciativas de grande utilidade, ao nível da economia local e da própria promoção territorial, que de resto têm merecido uma especial atenção por parte da Câmara Municipal”.

Já Vitorino Ferreira, presidente da Cooperativa Agrícola de Penafiel, considera que “os produtores precisam destes espaços estruturados para venderem de forma rentável os seus produtos e o público merece poder escolher os melhores produtos vindos diretamente das hortas”.