Slider

Autárquicas: Paulo Pereira (PS) recandidata-se à presidência da Câmara de Baião

O PS/Baião anunciou hoje, em comunicado, que o atual presidente da câmara, Paulo Pereira, vai recandidatar-se ao cargo nas próximas eleições autárquicas.

 

A decisão foi tomada por unanimidade pela estrutura concelhia, sublinhando os socialistas ser objetivo de Paulo Pereira “continuar a lutar pelos baioneneses”.

“Sinto-me grato, satisfeito e reconhecido, por receber de forma tão inequívoca o apoio do meu partido. Ser presidente da Câmara Municipal de Baião é a maior honra e o maior desafio da minha vida. Vou continuar a dar o meu melhor, para continuar a merecer a confiança dos baionenses.”, refere o autarca, citado no comunicado.

Segundo Paulo Pereira, que é professor de profissão, a taxa de execução do programa eleitoral neste mandato “ronda os 97%”.

“Não falhámos com os nossos compromissos e realizámos obra em todo o território. Sempre com as pessoas no centro da nossa ação”, reforça, sublinhando já estar a “preparar o futuro e a definir respostas objetivas para mitigar problemas como o emprego, a fixação de pessoas ou o aumento das redes de abastecimento de água e de saneamento”.

O candidato assinala, por outro lado, que “as questões ambientais, o dinamismo económico, o turismo e o estímulo às pessoas para participarem mais na vida social e cívica do concelho também vão ser prioridades para o próximo mandato”.

“Vamos apresentar-nos perante os baionenses com humildade, com sentido de dever cumprido, com força e vontade de fazer ainda mais e melhor, e com um discurso de verdade”, conclui.

Paulo Pereira vai a votos pela segunda vez, depois de ter sido eleito com maioria absoluta nas autárquicas de 2017. A meio do mandato anterior tinha assumido a presidência do município, após José Luís Carneiro, então líder da autarquia, ter integrado as listas do PS nas eleições legislativas de 2015.

O PS tem cinco mandatos no executivo municipal e a coligação PSD/CDS-PP tem dois.

Baião é o concelho mais pequeno do distrito do Porto em número de eleitores, com cerca de 17 mil inscritos.

O PSD também já anunciou o seu candidato à câmara, indicando o empresário Paulo Portela.

As autárquicas deste ano ainda não têm data marcada, mas, segundo a lei, ocorrem entre setembro e outubro.