Slider

BRUNO MAGALHÃES E ARMINDO ARAÚJO DISPUTAM NOVA RONDA PELO TÍTULO NACIONAL DE RALIS

Numa altura em que se faz a contagem decrescente para a penúltima etapa do Campeonato de Portugal de Ralis, cresce a expectativa de saber quem vai conquistar o troféu deste ano, e a luta parece estar entregue a dois homens – Bruno Magalhães e Armindo Araújo.

«Estrela» do Team Hyundai Portugal, Bruno Magalhães far-se-á acompanhar do navegador Hugo Magalhães na tentativa de melhorar o segundo lugar do ano passado, o que seria excelente na tentativa de revalidar um título que já conquistou por três vezes na sua carreira. A época tem sido muito bem conseguida no seu Hyundai i20 R5, com duas vitórias e dois segundos lugares em ralis.

Armindo Araújo até começou a época de uma forma excelente, com triunfos nos dois primeiros ralis da época, mas a verdade é que a vitória já escapa ao pentacampeão nacional há dois ralis consecutivos. Na companhia de Luís Ramalho ao volante de um Skoda Fabia Rally2 evo, o piloto de Santo Tirso tem nove pontos de desvantagem face ao líder e antigo colega de equipa, e perder pontos é proibitivo num momento em que a disputa está numa fase decisiva.


Há outras duas duplas que é preciso ter em conta nestes dois dias de prova. Ricardo Teodósio e o seu navegador José Teixeira não têm conseguido acompanhar o andamento dos dois rivais anteriormente referidos, e o melhor que conseguiram foi um terceiro lugar, que obtiveram em três ralis. A quarenta pontos da liderança, parece cada vez menos plausível a revalidação do título por parte do algarvio da Team Vito Skoda.

Com vitórias neste rali nos dois últimos anos, José Pedro Fontes regressa às estradas do Tâmega e Sousa na companhia da co-piloto Inês Ponte, com quem venceu no ano passado, e mais uma vez com o veloz C3 R5 da Citroen Vodafone Team. Uma palavra ainda para Pedro Meireles e o navegador Mário Castro, dupla da Racing 4 You que é sempre capaz de colocar o seu Volkswagen Polo GTI R5 a «voar baixinho» nos ralis em que compete. O felgueirense Adruzilo Lopes é o grande representante da região entre os inscritos no campeonato nacional e terá a companhia, na navegação, de José Janela, num Mitsubishi Lancer Evo IX.

À partida para o Rali Terras d’Aboboreira, Bruno Magalhães lidera a classificação dos pilotos com 125,63 pontos, seguido de Armindo Araújo com 116,19 e Ricardo Teodósio com 85,11.

texto: Gonçalo Novais