Slider

Câmara de Penafiel aprova por unanimidade contas de 2020

A câmara de Penafiel anunciou, em comunicado, que as contas referentes ao exercício de 2020 foram aprovadas por unanimidade e “sem contestação”.

 

Segundo fonte da autarquia, o documento foi aprovado com cinco votos dos eleitos pela coligação “Penafiel Quer” e quatro votos do Partido Socialista, todos a favor.

Em causa, estava a demonstração de indicadores e resultados atingidos pelo executivo municipal liderado por Antonino de Sousa, como por exemplo a redução do passivo, que registou uma descida de 20% em comparação com período homólogo e decresceu 53% relativamente a 2017.

Em discussão esteve, também, a diminuição total da dívida a fornecedores que, entre 2017 e 2020, teve uma redução de 11 milhões de euros e a redução de dívidas a terceiros, na ordem dos 35%, em linha com o ano anterior.
A câmara municipal de Penafiel registou, ainda, em 2020, a maior taxa de execução do orçamento nos últimos anos, acrescendo que o valor de empréstimos de médio/ longo prazo é o mais baixo de sempre.

Citado no comunicado, o presidente da Câmara Municipal de Penafiel, Antonino de Sousa, referiu “sentir-se feliz” por terem sido aprovadas “as melhores contas de sempre”, desde que há um sistema de contabilidade organizada nos municípios.

“A aprovação das contas por unanimidade, ou seja, com os votos a favor da oposição, só evidencia aquilo que temos vindo a dizer há já algum tempo, que a câmara municipal tem feito um percurso de estabilidade orçamental, reduzindo a dívida sem deixar de realizar obras e investimentos importantes para o concelho”, acrescentou.

O autarca disse, ainda, “ser uma dupla satisfação” ver o trabalho reconhecido, “em especial devido à pandemia que levou a investir mais no apoio social sem, no entanto, colocar em causa as boas contas”.