Slider

“Celoricense” Miguel Oliveira quer começar temporada de MotoGP em grande

Domingo, dia 28 de março, começa a odisseia de centenas e centenas de quilómetros que levará os pilotos das classes de MotoGP, Moto2 e Moto3 ao sonho do título mundial de velocidade, com Miguel Oliveira, de ascendência celoricense, a querer fazer uma estreia em grande ao serviço da Red Bull KTM Factory Racing, a sua nova equipa depois de dois anos na Tech3.

 

Depois de uma época em que acabou em nono na geral e levou de vencida os Grandes Prémios da Estíria e Portugal, o português  que se junta ao sul-africano Brad Binder na equipa oficial da marca austríaca, já não vê a hora de arrancar para a nova temporada com a sua magnífica RC16. “Estou muito entusiasmado por me ter juntado à equipa oficial da KTM, e para que se inicie a temporada. É para mim um gosto voltar a partilhar as boxes com o Brad para nos motivarmos um ao outro e conseguirmos mais vitórias. Esta espera pelo início da nova época pareceu-me demasiado longo, em virtude de ter acabado em alta no ano passado. Foram dois bons anos na equipa Tech3, com uma vitória no Grande Prémio de Portugal que teve um significado muito importante para mim, mas o que quero é que a temporada de 2021 comece, com o foco em tentar fazer um bom trabalho”, sublinhou, na apresentação da equipa para a época de 2021.