Slider

Centro de congressos de Paredes será o edifício mais alto do concelho

O futuro centro de congressos de Paredes, a construir pela câmara na zona da antiga adega cooperativa, será o edifício mais alto do concelho, representando 6,2 milhões de euros de investimento, foi hoje anunciado.

 

Segundo a autarquia local, o futuro complexo cultural terá 30 metros de altura e comportará um centro de congressos, um auditório e outros espaços de apoio.

O auditório terá capacidade para 510 lugares sentados (500 metros quadrados) e aquele imóvel comportará, no topo, um restaurante e bar panorâmico. Num edifício contíguo ficará o centro de congressos, com cerca de 1.000 metros quadrados.

 

 

O presidente da câmara, Alexandre Almeida formalizou hoje, no local, o arranque da empreitada, considerando tratar-se de um equipamento de “extrema importância para Paredes”, porque permitirá intensificar a atividade cultural.

“Vamos poder ter todo o tipo de teatros, concertos e outros eventos, que até agora só conseguíamos assistir em cidades como Porto ou Guimarães”, anotou, referindo que o centro de congresso será a maior empreitada do atual mandato.

A obras é comparticipada por fundos europeus e deverá estar concluída em 2023.