Slider

CENTRO QUALIFICA AE PENAFIEL PERMITE MELHORAR COMPETÊNCIAS À DISTÂNCIA

O Centro Qualifica da Associação Empresarial de Penafiel já permitiu a aproximadamente 300 pessoas melhorarem as suas qualificações ao nível do 6º, 9º e 12º ano.

Estas mesmas pessoas conseguiram melhorar a sua posição na empresa ou conseguiram um novo emprego.

O Programa Qualifica integra os processos RVCC que consistem no reconhecimento de competências escolares e profissionais adquiridas pelos adultos, ao longo da vida, tendo em vista a respetiva certificação e que tem ajudado a que muitos adquiram a sua certificação profissional.

Estes processos integram etapas de reconhecimento e validação das competências detidas pelo adulto, com uma etapa de certificação das competências através da realização de uma prova, certificada por um júri. Para chegar a esta prova, os adultos frequentam uma componente de formação complementar de um mínimo de 50 horas, acrescida de um máximo de 25 horas para a preparação da etapa de certificação.

No Centro Qualifica da Associação Empresarial de Penafiel este processo é orientado por profissionais, sejam os técnicos do serviço, sejam os formadores que ao longo do processo estão totalmente disponíveis para apoiar os formandos, ajudando a que a motivação “não se perca”, explica Ana Fidalgo, técnica de Orientação Reconhecimento e Validação de Competências.

No ano de 2020, em que o ensino à distância se tornou mais conhecido para todos, no Centro Qualifica esse já era um método habitual. Para Ana Fidalgo esta forma de ensino “não veio causar transtornos pois já era frequente. Os nossos formandos têm bastante liberdade porque o processo de equivalência de competências é autónomo e podem ir fazendo mediante a sua disponibilidade”.

Com a pandemia, a população está mais tempo em casa, pelo que a técnica de Orientação Reconhecimento e Validação de Competências sugere que “aproveitem o tempo para melhorarem as suas competências”, de uma forma proativa e não “com a pressa que por vezes nos chegam porque precisam da certificação para um novo emprego”, explica.

A segurança está garantida mesmo quando é necessário ter “sessões presenciais. Optamos por ter apenas duas pessoas numa sala, para cumprir as devidas distâncias e minimizar riscos”.

Hélder Monteiro é prova de como o Centro Qualifica ajudou no reconhecimento e validação das suas competências num processo “à medida e com a organização do tempo favorável”, uma vez que há uma grande disponibilidade e flexibilidade para o formando poder executar os trabalhos e acompanhar a formação.

Hélder Monteiro teve conhecimento do Centro Qualifica em Penafiel através de outros profissionais que o incentivaram a inscrever-se e adquirir mais competências e valorizar a sua carreira profissional. É que Hélder precisava de concluir o 9º ano para poder inscrever-se no curso de segurança e ser reconhecido pelo MAI (Ministério da Administração Interna). No Centro Qualifica da AEP, e apesar de ser do Porto, conseguiu de forma confortável e motivado o 12º ano.

“Foi graças às informações dadas pela Drª Ana Fidalgo do Centro Qualifica que fui capaz de concluir o 12° ano através do processo de RVCC. Eu sou um caso que sem o chamado «e-learning», muito dificilmente conseguiria terminar todo o processo, uma vez que sou do Porto, e o centro fica em Penafiel”, explicou o formando que recomenda “a todos que, infelizmente, por algum motivo não tenham terminado a escolaridade obrigatória, porque é uma forma de enriquecimento pessoal”.

Revista InPut – Associação Empresarial Penafiel