Slider

CINEMA AO LUAR PARA VER DENTRO DO CARRO EM PENAFIEL

A Câmara Municipal vai organizar o evento “Drive-In – Cinema no Carro em Penafiel”, uma iniciativa com 4 sessões de cinema especiais para promover entretenimento em tempos de isolamento social, provocado pela pandemia Covid19.

ASSINE AQUI . APOIE ESTE PROJECTO 

 

O evento vai passar por quatro pontos distintos do concelho de Penafiel. A primeira sessão vai decorrer no dia 10 de julho, no Parque da Cidade de Penafiel, com o filme “Bacurau”. No dia 17, o Campo da Feira de Penafiel (Largo Conde Torres Novas) recebe a projecção de “Mr. Link” e no dia 24, é a vez do Parque de Estacionamento do Centro Interpretativo de Quintandona acolher o filme “A Ovelha Choné“. Para fechar a programação a organização escolheu o Cais de Entre-os-Rios para ser palco do filme “O Rio do Ouro“.

O “Drive-In – Cinema no Carro em Penafiel” é um evento em que os participantes vão poder assistir a uma sessão de cinema, dentro do carro, em perfeitas condições e respeitando as recomendações da Direção Geral da Saúde, no que diz respeito ao distanciamento social.

Para participar, basta apenas estacionar o carro e sintonizar uma frequência de rádio, providenciada pela organização, onde será transmitido o som do filme. Estando tudo a postos, os participantes, instalados dentro do seu carro, poderão assistir ao filme, ao ar livre, num ecrã gigante.

“Vivemos tempos complexos provocados pela pandemia Covid19 e a Câmara Municipal de Penafiel continua a trabalhar na prevenção, segurança e promoção das recomendações da Direcção Geral da Saúde. Neste sentido, a Câmara Municipal achou por bem promover o “Drive-In – Cinema no Carro em Penafiel” uma iniciativa que vai proporcionar momentos de entretenimento e cultura, de forma segura e consciente. A programação foi dividida em propostas para o grande público, destinadas aos mais novos e famílias, e sessões alternativas para um público mais diverso. Tentamos ainda estabelecer uma ligação entre o local das exibições e o espírito dos filmes”, refere Susana Oliveira, vereadora da Cultura da Câmara de Penafiel.

A lotação máxima para assistir a cada sessão de cinema do “Drive-In – Cinema no Carro em Penafiel” é de 30 viaturas. As projecções dos filmes começam às 21h45.

 

ASSINE AQUI . APOIE ESTE PROJECTO 

 

Sinopses filmes “Drive-In – Cinema no Carro em Penafiel”

Filme: “Bacurau”

M/16

Duração: 132min

Sinopse: Pouco depois da morte da matriarca Dona Carmelita, aos 94 anos, os habitantes de Bacurau, uma pequena vila no sertão brasileiro, descobrem que a localidade desapareceu dos mapas. Uma sucessão de acontecimentos insólitos leva-os a deduzir que estão a ser atacados. Falta identificar o inimigo e criar uma estratégia coletiva de defesa.

 

Filme: “Mr. Link”

M/6

Duração: 95min

Sinopse: O carismático Sir Lionel Frost considera-se o principal investigador mundial de mitos e monstros. O problema é que nenhum de seus colegas da alta sociedade parece reconhecer isso. A última hipótese que Sir Lionel tem de ser aceite pela elite aventureira é viajar para o Noroeste do Pacífico dos Estados Unidos para provar a existência de uma criatura lendária. Um remanescente vivo dos ancestrais primitivos do homem. O elo perdido.

Filme: “A Ovelha Choné“

M/6

Duração: 87min

Sinopse: Um conjunto de estranhas luzes aparecem sobre a pacífica vila de Mossingham. Anunciam a chegada de um misterioso visitante de outra galáxia, enquanto ali perto, na quinta de Mossy Bottom as travessuras de Shaun exasperam o agricultor Bitzer.

 

Filme: “O Rio do Ouro“

M/12

Duração: 97 min

Sinopse: Nas margens ensaguentadas do Rio do Ouro, uma balada de ciúme, um grande e horrível crime ambientado num meio popular.

Um velho casal casa-se. Ela é guarda-cancela, ele é o patrão do barco-draga. Mélita, a sobrinha, cai ao rio, grita por socorro, António salva-a. Carolina morre de ciúmes. Num comboio, um cigano um nadinha vidente, o Zé dos Ouros, quer vender um colar a Mélita. Ai dele, vê o passado da inocente rapariga: numa vida anterior ela teria matado o amante e pintado com sangue dele o quarto do seu amor. Aterrado, Zé foge. Carolina vai atrás dele, rouba-lhe o colar e acaba por se tornar sua amante. Quer que o cigano lhe desvende o segredo, lhe explique o que viu. Enquanto o velho António se sente cada vez mais atraído pela sobrinha, Carolina sonha, vê tudo vermelho de sangue. O Zé já não tem medo de Mélita, quer deixar a amante. A guarda-cancela sente-se traída por todos, vê uma grande faca diante de si…