Slider

Clínica do CHTS premiada pela Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares

A Clínica APIC, uma unidade de admissão centralizada de doentes para cirurgia convencional eletiva, do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, venceu a 8.ª edição do Prémio Healthcare Excellence 2021, no valor pecuniário de cinco mil euros, informou hoje o CHTS.

 

A distinção do projeto, que começou a funcionar em setembro de 2020, decorreu no dia 20 e foi atribuída pela Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares, explica, em comunicado

A justificar a escolha do júri do prémio está o facto desta valência apresentar-se como  uma “unidade mais ágil e segura”, que centraliza num único espaço todos os procedimentos administrativos de admissão e cuidados de enfermagem relacionados com os doentes que seguem para cirurgia, acrescenta.

De acordo com o CHTS, o novo espaço veio permitir um melhor planeamento da estadia hospitalar antes da intervenção cirúrgica, nomeadamente diminuir o tempo médio de internamento cirúrgico “bem como reduzir a taxa de ocupação hospitalar”.

Carlos Alberto, presidente do Conselho de Administração do CHTS, citado no comunicado, salienta que o prémio “enche todos de orgulho, devendo ser registado um cumprimento especial à equipa da APIC que se tem esforçado por garantir a excelência na prestação de cuidados e que foi briosa na forma como apresentou e defendeu a candidatura”.

O júri assinalou ainda que o projeto tem “um grande grau de aplicabilidade” no Serviço Nacional de Saúde, podendo ser implementado em diferentes instituições hospitalares com “apenas uma reorganização de serviços”.

Na 8.ª edição do Prémio Healthcare Excellence 2021,  foram ainda  atribuídas menções honrosas ao Centro Hospitalar Universitário de São João e à Unidade Local de Saúde de Matosinhos.