Slider

JOÃO BARROS VENCE E VÍTOR PASCOAL SEGUNDO EM MESÃO FRIO

O paredense João Barros e o seu navegador António Costa foram os grandes vencedores do Rali Município de Mesão Frio, aos comandos de um Skoda Fabia R5, num rali em que o baionense Vítor Pascoal e o seu colega Ricardo Faria, levaram o seu Porsche 991 GT3 Cup ao segundo lugar final.

Num rali em que os dois pilotos do Vale do Sousa e Baixo Tâmega eram «cabeças-de-cartaz» da prova, o ritmo de corrida que ambos impuseram não deu hipóteses à concorrência, com o piloto da Fibromade a vencer com 38 segundos e oito décimos do «craque» de Baião, e a um minuto e 50 segundos da dupla Carlos Matos/Vasco Ferreira, que fechou o pódio aos comandos de um Peugeot 208 T16.

As grandes atrações da prova duriense centravam-se, no entanto, na discussão dos pódios do Campeonato Norte de Ralis, e do Desafio Kumho Norte. Na primeira das competições, a vitória sorriu ao líder do campeonato, André Cabeças que, com um Mitsubishi Lancer Evo IX, levou a melhor no duelo com os seus dois grandes rivais no campeonato, Lucas Simões, segundo, e Filipe Madureira, terceiro, e ambos igualmente com um Mitsubishi Lancer Evo IX, modelo em destaque na presente edição da competição.

No Desafio Kumho Norte, Pedro Serôdio Jr. foi o mais rápido na Divisão 1, com um Citroen Saxo Cup, à frente de Francisco Azevedo, num Peugeot 205 GTI 1.9. Bruno Almeida e Leandro Silva, que estavam integrados nesta divisão, acabaram por abandonar devido a problemas mecânicos, quando até chegaram a liderar no fim da segunda classificativa. Na Divisão 2, Daniel Silva (Renault Clio RS) foi imperial (vencendo também no troféu Team Baia), e não deu hipóteses a uma concorrência que foi liderada por Manuel Martins, segundo num Peugeot 206 RC, e Júlio Maia, que fechou o pódio num Peugeot 206 S1600.

Créditos das fotos: Município de Mesão Frio