Slider

Luciano Cerdeira é o novo treinador do Termas de São Vicente (C/ÁUDIO)

Luciano Cerdeira (na foto, à esq.) é o treinador escolhido para orientar o Termas de São Vicente na próxima temporada. O técnico, de 40 anos, vai comandar o emblema do concelho de Penafiel na 1ª Divisão da Associação de Futebol do Porto (AFP).

 

Depois de “15 anos” como adjunto, os últimos dos quais ao serviço do CD Cinfães, Luciano Cerdeira confessa que está “bastante motivado” para abraçar o primeiro desafio da carreira como treinador principal.

“Este foi o momento em que decidi que era a altura de me lançar. Por coincidência, o presidente contactou-me, mostrou-me um projeto bastante aliciante, no qual agora estou de corpo e alma, e com vontade de ajudar o clube a crescer cada dia mais. Estou bastante motivado”, confidenciou.

 

 

O técnico assume que o Termas de São Vicente partirá para a nova temporada com a ambição de “lutar pela subida de divisão”.

“Não vou esconder que só aceitei este projeto, porque é um projeto de subida. Aliás, a ideia é subirmos este ano e, no seguinte, pensar, de forma séria novamente, em outros voos, porque acho que tem condições para estar em patamares mais acima”, refere.

 

 

Recorde-se que o Termas de São Vicente inaugurou recentemente o seu novo complexo despotivo, que está dotado de um relvado sintético, dois balneários para equipas e um balneário para árbitros, uma sala de massagista, uma sala de arrumos, casas de banho, um bar e uma bancada com capacidade para cerca de 200 pessoas.

“O clube estava, como se dizia, com a casa às costas. Era um clube que não jogava na freguesia, que, na última época, tinha de ir jogar ao Parque da Cidade, a Penafiel. Neste momento, o clube tem o seu próprio sintético e instalações, o que torna mais fácil para um sócio ou simpatizante ir ver um jogo ao domingo”, sustenta.

O novo treinador do conjunto penafidelense já iniciou a construção do plantel, sendo que “a base” da última época “é para manter”, até porque é constituída por “jogadores muito interessantes”. Ainda assim, Luciano Cerdeira assume que será necessário “reforçar a equipa”.

 

 

Com Luciano Cerdeira chega também o treinador de guarda-redes, António Rocha, conhecido no mundo do futebol como Padeiro. O adjunto Ricardo Silva transita da anterior equipa técnica.