Slider

CLUBE OVAL AZUL VALORIZA CLÁSSICOS DA MARCA FORD

[eltdf_dropcaps type=”normal” color=”” background_color=””]É[/eltdf_dropcaps] um clube fundado em 12 de outubro de 2004, e tem cerca de 170 sócios.

Clube de origem penafidelense, tem sede, nesta altura, na Trofa, onde se encontra a custo zero. Falamos do Clube Oval Azul, coletividade que junta vários apaixonados por viaturas da marca Ford. “Trata-se de um clube de carros antigos e clássicos da marca Ford. É uma organização sem fins lucrativos, e os seus objetivos passam por promover a marca e recuperar os carros antigos que andam por aí abandonados. Temos associados em todo o país, mas maioritariamente da zona norte, como a região do Vale do Sousa, Braga, Viana do Castelo e Vila do Conde, como também alguns de Lisboa, Algarve ou Leiria”, começou por dizer Vitorino Carvalho, um dos membros desta coletividade, que falou da atividade que o clube desenvolve. “O principal evento que realizamos é a Expo Clássicos, no Porto. Esse é o nosso evento com maior visibilidade e constitui o maior investimento desta Direção. Depois temos a Expo Clássicos Guimarães, o Almoço de Natal, o Penafiel Racing Fest, e um piquenique anual. Eventualmente também vamos participando em vários eventos conforme vão aparecendo”.

Com um vínculo humano muito forte a Penafiel, traduzido no seu sócio fundador Paulo Soares, e pilotos como Joaquim Santos, Joaquim Jorge ou Rui Esteves, a coletividade situa-se, contudo, fora de um concelho tão importante para a sua existência. Situação essa que foi abordada por Vitorino Carvalho, na entrevista ao nosso jornal. “Trata-se de uma situação delicada. Esta Direção tomou conta do clube em 2017, este é o nosso segundo ano, e o clube até esta data nunca teve sede física. A sede para fins de correspondência era em casa de qualquer pessoa que fizesse parte da Direção. Não tenho muito bem o conhecimento do porquê de ela não estar em Penafiel. Se calhar não houve o empenho das pessoas certas, nos lugares certos, essa é a minha ideia. E talvez não se tenha procurado os apoios necessários. Depois de tomarmos posse, nunca houve contactos com entidades oficiais para regressar a Penafiel. Tem havido é algumas pessoas de Penafiel com o interesse de trazer o clube para cá. É uma possibilidade que está em cima da mesa e será algo que termos de analisar e ver com atenção”, confidenciou.

 

O balanço do trabalho feito este ano é, no entendimento de Vitorino Carvalho, é “positivo”, e já estão na calha novos projetos a ser dinamizados pelo Clube Oval Azul para os próximos tempos. “Esta Direção teve como objetivo principal organizar o clube de uma forma mais pragmática. Faltava-nos a sede, e também atualizámos a base de dados dos sócios que andava completamente desorganizada, porque haviam pessoas que já não faziam parte do clube e ainda constavam das listas. No próximo ano, estamos empenhados em fazer mais eventos do que os que fizemos em 2018. Além de uma viagem à Madeira, onde temos alguns sócios, e com os quais pretendemos organizar com as viaturas que lá existam, há também o objetivo de fazer um evento na cidade de Penafiel que será o “Mulher ao Volante”, projetado para assinalar o Dia da Mulher, onde vamos ter exclusivamente mulheres a conduzir os carros, num evento multimarcas”, revelou.

Fotos: João Raposo Photography