Slider

Novo Multiusos de Boelhe “reforça o centro cívico da freguesia” afirma Antonino de Sousa

O presidente da Câmara Municipal de Penafiel, Antonino de Sousa, afirmou, no sábado, que a o novo Espaço Multiusos de Boelhe “vem reforçar o centro cívico da freguesia e dar-lhe uma outra dignidade”.

 

Batizado de Espaço Multiusos Inácio C. Teixeira, em homenagem ao ex-presidente de junta daquela freguesia e pai do atual autarca local, a nova infraestrutura dispõe de um palco, salões de apoio, sanitários, um parque infantil, equipamentos de manutenção física e mesas de piquenique.

O edil salientou, durante a cerimónia de bênção e inauguração da nova infraestrutura, que se trata de “um investimento bastante significativo”, orçado em cerca de 300 mil euros.

“Faz todo o sentido, na medida em que permite agora às famílias poderem usufruir do espaço, às coletividades organizarem as suas atividades e aos visitantes poderem também apreciar a belíssima paisagem que fica precisamente sobre o Tâmega, numa localização que é excecional”, acrescentou.

A empreitada, a cargo da Câmara de Penafiel, referiu o autarca, tinha sido identificada no primeiro mandato do presidente de junta, Artur Teixeira, “como um sonho que gostava de ver concretizado no seu percurso autárquico e felizmente foi possível realizar”, sublinhou.

A obra vai ter uma segunda fase, nomeadamente na construção de uma ligação à parte superior da estrada, à zona dos coretos, do lago, do espelho de águas e jardins.

“Não a pudemos fazer antes porque o terreno que medeia estes dois espaços é da paróquia, mas felizmente foi possível chegar a um entendimento em que vai ceder o espaço para que se possa executar essa ligação, através de uma escadaria e de uma rampa, portanto fazendo toda esta integração, que vai ficar um espaço muito aprazível”, especificou.

“Hoje concretizo um sonho” – Artur Teixeira

Por sua vez, o presidente da junta de freguesia de Boelhe afirmou que o Espaço Multiusos Inácio C. Teixeira é “a concretização de um sonho”.

Orgulhoso por conseguir fazer uma homenagem, no Dia do Pai, ao seu falecido progenitor, que foi presidente de junta de Boelhe durante 25 anos, Artur Teixeira considerou, ainda, a obra, “completa”.

“Era uma obra que o meu pai, antes de partir, gostaria de concretizar. Não concretizou. Concretizou o filho”, confidenciou o autarca, classificando a obra de “completa” e para todos, aberta à comunidade.