Slider

Paços de Ferreira, Penafiel e Paredes jogam quarta eliminatória da Taça de Portugal (C/ÁUDIO)

Esta sexta-feira, o FC Paços de Ferreira desloca-se ao Estádio da Luz, para defrontar o Benfica. Nos últimos dez desafios, os ‘castores’ venceram apenas por uma vez e precisamente na Taça, diante do Águias de Moradal.

 

O momento não é o melhor, mas o treinador Jorge Simão acredita que é possível superar as “águias”, apesar de frisar que será necessário “um extremo rigor” e “alguma percentagem de sorte” para ter sucesso.

“Acima de tudo, temos de ter um extremo rigor no nosso jogo, quer defensivo, quer ofensivo, se calhar com maior incidência na parte defensiva. Acho que essa será a chave do jogo, juntamente com uma percentagem de alguma sorte, que às vezes pode ser decisiva. Não se consegue eliminar o Benfica no seu estádio, mesmo que a nossa exibição seja imaculada, se não tivermos uma parte de sorte”, afirmou o técnico do FC Paços de Ferreira, em conferência de imprensa.

 

 

O Benfica – Paços de Ferreira está agendado para esta sexta-feira, às 20:45.

Mais cedo, às 18:45, o FC Penafiel entra em ação, no Estádio 25 de abril, diante do Portimonense da I Liga.

O técnico Pedro Ribeiro não estará no banco a orientar a equipa, devido a castigo, mas garante um Penafiel “ambicioso”, com o objetivo de seguir em frente na Taça de Portugal.

“Temos noção do grau de dificuldade do jogo, com uma equipa que está bem, com um bom treinador e valores individuais fortes, e que é da I Liga, mas somos ambiciosos e vamos jogar para vencer, com humildade e respeito pelo adversário. Neste momento somos uma das 32 melhores equipas na prova, queremos estar entre as 16 melhores”, assegurou.

Já o União de Paredes tem confronto marcado para domingo, às 14:00, em casa, diante do Torreense, adversário que milita na Liga 3.