Slider

Paredes entregou galardões municipais a cidadãos “que prestigiam o concelho”

A Câmara de Paredes entregou, na segunda-feira, a Chave de Honra da Cidade e 12 medalhas de ouro a cidadãos que “no presente e no passado, contribuem para o prestígio do concelho”, informou fonte daquela autarquia.

 

Na cerimónia em que se assinalou o feriado municipal, realizada no Parque José Guilherme, foi entregue a Henrique Araújo, Juiz Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, a Chave de Honra da Cidade, o mais alto galardão municipal.

Foram homenageados com grau Ouro do Município de Paredes António José de Mendonça Rodrigues Moreira (a título póstumo), que se destacou no Teatro de Revista e João Montenegro, engenheiro, responsável pelo sucesso de diversos filmes de animação da Pixar.

No desporto, a distinção foi entregue os atletas Lúcia Alves e Miguel Ângelo (Xeka), que se destacaram no futebol.

Na área da educação os professores António Joaquim Correia de Aguiar e Maria Olinda Vieira Pinto foram os reconhecidos pelo trabalho desenvolvido ao serviço do ensino no concelho.

Emídio Sousa, farmacêutico, de Rebordosa, foi homenageado a título póstumo, e o Padre Rui Pinheiro, há mais de 50 anos na Paróquia de Lordelo, foram as personalidades agraciadas na categoria das profissões.

No contexto da pandemia Covid-19 foram homenageados os profissionais e voluntários do Centro de Vacinação de Paredes.

O Município de Paredes prestou ainda homenagem várias empresas do concelho.

No seu discurso, Alexandre Almeida, presidente da Câmara Municipal de Paredes referiu que “as comunidades humanas têm o dever de enaltecer e lembrar os que se distinguiram e distinguem pelos seus feitos”.

“Estamos aqui para homenagear pessoas que se distinguiram e distinguem entre nós, pelos seus atos, pelos valores que defendem e praticam” explicou o autarca. E acrescentou:

“Uma homenagem singela do município de Paredes, mas sublime e memorável no seu significado”.