Slider

Paredes: Freguesia da Sobreira acolhe primeiro bosque nativo do concelho

A freguesia da Sobreira está a acolher, no lugar de Santa Comba, uma ação de plantação de cerca de 500 medronheiros, que tornará aquela área no primeiro bosque nativo do concelho de Paredes.

 

As árvores, indicou ao Penafiel Magazine, o presidente de junta local, “vão ocupar uma área de cerca de dois mil metros quadrados, num terreno composto por cerca de 30 mil, que foi alvo de um incêndio há quatro anos”.

“É uma bolsa que fica numa zona muito bem posicionada. É uma área onde já havia tradição dos medronhos, que nasciam espontaneamente na serra, e que está a ser reflorestada também com pinheiro bravo”, explicou João Gonçalves.

A plantação das novas árvores iniciou no sábado e continua na quarta-feira.

 

 

A iniciativa está a ser realizada por voluntários e decorre no âmbito do FUTURO – projeto das 100 mil árvores na Área Metropolitana do Porto.

O presidente de junta da Sobreira congratula-se com a ação.

“Foi feliz a ideia, muito feliz”, disse acrescentando: “sou um defensor da reposição do meio ambiente”.

O autarca avança, ainda, que a manutenção da zona, que, lembra, “é de alto risco de incêndio”, ficará a cargo da freguesia.

Já a vigilância, acompanhamento e avaliação do progresso das espécies, será feita pela entidade promotora do projeto.