Slider

Penafidelense Abel Ferreira reconquista Taça Libertadores (C/ÁUDIO)

O penafidelense Abel Ferreira conduziu o Palmeiras à conquista da Taça Libertadores, pela segunda vez consecutiva, sendo o sexto treinador da história a conseguir dois títulos seguidos na mais importante prova de clubes sul-americanos.

 

Na final, cem por cento brasileira, disputada em Montevidéu, capital do Uruguai, o Palmeiras derrotou o Flamengo, por 2-1, após prolongamento.

A formação comandada pelo técnico natural do concelho de Penafiel colocou-se cedo em vantagem, por intermédio de Raphael Veiga, aos seis minutos. Na segunda-parte, Gabriel Barbosa marcou o golo do empate do Flamengo e empurrou o jogo para prolongamento. No tempo extra, Deyverson carimbou o triunfo do “verdão”.

No final da partida, Abel Ferreira elogiou e confessou “gratidão” pelo desempenho dos jogadores. Agradeceu ao clube de São Paulo a oportunidade que lhe deu para ganhar títulos, mas não garantiu a continuidade na próxima época.

“Estou tranquilo, calmo, em paz comigo, sensação de dever cumprido. Já disse que a forma como vivemos o futebol é muito intensa, como se joga no Brasil é muito intensa, a forma como se joga não dá saúde a ninguém. Vou ter que refletir muito o que quero para mim para o presente e para o futuro”, disse.

 

 

Este é o terceiro título do Palmeiras na principal prova continental sul-americana, igualando São Paulo, Santos e Grêmio como clube brasileiro mais titulado na Libertadores. A formação de Abel Ferreira já tinha conquistado o mesmo troféu no ano passado, frente ao Santos.