Slider

Penafiel mantém IMI no valor mais baixo e isenção na derrama para pequenas empresas

O Município de Penafiel anunciou hoje que vai manter, em 2022, o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) no valor mais baixo e manter a isenção na derrama para as empresas com volume de negócios igual ou inferior a 150.000 euros.

 

Em comunicado, fonte da autarquia adiantou, ainda, que irá manter a taxa fixa do ano anterior de 1,5% na derrama para as restantes empresas.

De acordo com proposta do presidente da Câmara de Penafiel, o IMI ficará a 0,3% para os prédios urbanos e 0,8% para os rústicos. Foi, ainda, proposta uma dedução fixa, no valor de 70 euros, para os agregados familiares com três ou mais dependentes.

“O IMI em Penafiel encontra-se no valor mais baixo possível por lei. Mesmo mantendo a taxa mínima do IMI (0,3%), temos continuado a investir fortemente na área social, através do plano municipal solidário que já permitiu apoiar inúmeras famílias Penafidelenses, em diversas áreas como o arrendamento, energia, aquisição de medicação, refeições escolares, entre outras. Também ao nível das obras de proximidade, o Município de Penafiel teve uma forte dinâmica, com investimentos em todas as freguesias do concelho de Penafiel”, disse Antonino de Sousa, citado no comunicado.

Ainda no que diz respeito ao IMI, recentemente a autarquia isentou todos os bombeiros das três corporações, até 150 euros/ano, valor médio do referido imposto no concelho de Penafiel.

Os bombeiros que não tenham habitação própria beneficiam de uma contribuição municipal de apoio à renda, de montante idêntico, bem como a atribuição de outras medidas, já aprovadas, como a atribuição de um seguro de saúde para todos os “soldados da paz” e ainda a atribuição de uma tarifa social para a água e saneamento, para o agregado familiar do bombeiro.