Slider

PROJETO AE PENAFIEL PARA CAPACITAÇÃO SETOR GRANITO E ROCHAS SIMILARES

A Associação Empresarial de Penafiel (AEP), através da candidatura submetida no âmbito dos fundos europeus – PORTUGAL 2020, viu aprovado pelo NORTE 2020 um projeto de capacitação do setor da extração de granito ornamental e rochas similares, e da transformação, ao nível da fabricação de artigos de mármore e de rochas similares e fabricação de artigos de granito e de rochas para a região do Tâmega e Sousa.

O projeto Granito e Rochas Similares no Tâmega e Sousa: Sustentabilidade, Competitividade e Transformação Digital tem como objetivo desenvolver um conjunto de ações integradas que vão ajudar e capacitar as empresas do setor, nomeadamente na área da inovação, ambiente e até na internacionalização das empresas da região.

Ecoinovação, ecoeficiência, economia circular, economia digital e internacionalização são os focos a desenvolver neste projeto e que vão colocar as empresas do setor da região no Mundo de forma mais dinâmica, inovadora, competitiva e robusta.

Segundo o Presidente da AEP, Nuno Brochado, “num tempo particularmente difícil, a Associação Empresarial de Penafiel orgulha-se de não abrandar esforços para apoiar um setor tão importante para a região do Tâmega e Sousa. Desde 2015 até 2018, segundo dados estatísticos do INE, o referido setor da região do Tâmega e Sousa registou, em 2015, um volume de negócios de cerca de 75 milhões de euros e em 2018 cerca de 100 milhões de euros, ou seja, um aumento de cerca de 33%”, referiu.

Também “ficámos muito honrados com a confiança depositada na nossa candidatura, que reflete a solidez do trabalho feito pela nossa área de empresas e projetos”.

Esta oportunidade surge na sequência de um outro projeto desenvolvido pela AEP entre 2013 e 2015 designado “GRANITO – Criação de Valor e Tendências” que teve como objetivo fazer um diagnóstico ao setor e perceber as necessidades das empresas da área da pedra, onde foram detetadas algumas oportunidades de melhoria, nomeadamente, no que toca à reutilização de materiais e criação de valor ao produto já existente, bem como a criação de novas estratégias na economia digital de modo a tornar as empresas mais competitivas a nível internacional.

Assim e na prática, o projeto Granito e Rochas Similares no Tâmega e Sousa: Sustentabilidade, Competitividade e Transformação Digital, com previsão de arranque já a 1 de maio de 2021, vem trazer a possibilidade de sensibilizar, capacitar e qualificar as empresas do setor nos próximos dois anos (2021/2022) com ações para incorporação dos princípios e práticas de ecoinovação, ecoeficiência e economia circular, ajudando a criar valor nos produtos existentes e criação de novos produtos através do aproveitamento de materiais que até então são desperdiçados. Também permitirá sensibilizar, capacitar e qualificar as empresas para uma forte presença na economia digital, apostando numa só ferramenta digital que reúna toda a oferta do setor (um marketplace business to business), potenciadora de criação de sinergias e projeção internacional.

Segundo o Vice-Presidente da AEP, Vasco Melo, que coordenou a elaboração da candidatura, “esta é uma oportunidade muito interessante para trazer às empresas conceitos que estão na ordem do dia e permite que a AEP se comece a especializar em setores de negócio relevantes na nossa região. Desta vez centrámo-nos na qualificação das empresas, no futuro, quem sabe, poderemos enveredar por um projeto ligado à internacionalização deste setor”, terminou.